Gardner Minshew II Jersey Daniel Jones Womens Jersey  Ágora? agora – Teat(r)o Oficina

Ágora? agora

Cientes de que a prefeita MARTA incentiva a criação de psicodramas sociais para melhor entender os casos sobre os quais tem poder de influir, o Oficina apresenta esta cena inspirada no encontro com a prefeita no dia 16 de maio de 2001.
Meio dia
Lançamento do projeto da Prefeitura para o centro de São Paulo.
Cenário de Lina Bardi: salão azul do palácio das indústrias

CENA MOTE DO PSICODRAMA

Personagens:
Marco e Marta
(uma longa mesa entre eles)

(Marco Piantã, Tommy Pietra, Cristiane Cortillio, Sylvia Prado e Marcelo Drummond estão representados na peça por Marco)

Marco
Marta, somos do Teatro Oficina… trouxemos um abaixo-assinado contra o shopping do Sílvio Santos… Você está a par?

Marta
Sim, estou a par. E sou absolutamente contra a posição do Zé Celso.

Marco
Porque ?

Marta
Já tomei minha decisão. Sou favorável ao shopping do Sílvio Santos porque vai revitalizar toda aquela área. Sem gastar nenhum tostão da prefeitura.

Marco
Marta, a Lina Bo Bardi, pensando justamente na revitalização da cidade projetou um novo espaço público, ligado ao teatro, aberto à penetração das chuvas, que vai ser completamente destruído com a construção do shopping…

Marta
Você não vai querer discutir revitalização agora vai?

Marco
Você vai atropelar os 300 metros de entorno dos quais tem direito o patrimônio histórico tombado? E desprezar completamente o projeto da Lina Bardi ?

Marta
A Lina Bardi não tem um projeto. O shopping vai trazer muitas vantagens pra vocês. Vai aumentar a circulação de pessoas, chamar público, e além disso eles vão construir uma escolinha pra vocês…

Marco
O projeto do Oficina é revolucionário! Ele quer derrubar o muro do beco sem saída para desaguar na rua, e fazer da cidade toda um palco…

Marta
Não. A rua eu não concordo. Como muito bem eles argumentaram, o shopping não pode ser dividido ao meio.

Marco
A cidade precisa muito mais desse espaço vazio do que construído. Não tem outro lugar para colocar o shopping?

Marta
Vocês são da idade da pedra? (dá uma leve palmada na mão de Marco) É um menino… onde você está?

Marco
No salão azul da Lina Bardi. No saguão do palácio das indústrias, lutando para que o capital não esmague a cultura. A geração de artistas que enfrentou a ditadura criou um projeto e um movimento que nos deixou uma semente. Essa semente é a pedra no sapato do Sílvio Santos, que quer crescer e tornar-se árvore.

Marta
Eles estão comprando aquilo há vinte anos !

Marco
O Oficina existe há mais de 40 !

Marta
Olha, eu já tomei minha decisão, conheço o Oficina mais do que você. Se quiserem mudar a fachada, coisas assim, aceitamos sugestões, agora, o Shopping vai sair.

Marco
Dá uma olhada, Marta, no desenho do Shopping. Me diz: não foi de Miami que ele veio?

Marta
?

FINAL DA PRIMEIRA CENA

Este é o mote do psicodrama em que ela? a prefeita, a doutora, é convidada a participar especialmente.

Secretário de Cultura do Estado: Marcos Mendonça

Presidente do CONDEPHAAT: José Roberto F. Melhem

Senador Eduardo Suplicy

E Público em geral !
Os Povos !
Tambores !

A DATA DO EVENTO AGUARDA A RESPOSTA DA PREFEITA.

Sugerimos um dia azul
de domingo
antes do cair da tarde
o teatro dourado
rebrilhando
aos raios rasantes
à flor da terra
um pôr-do-sol
num teatro-janela!
Quando o sol se vai
E a cidade não liga
Fogueiras, fogueiras
No chão de TERRA.

TEATRO OFICINA UZYNA UZONA


Mitch Wishnowsky Womens Jersey