Gardner Minshew II Jersey Daniel Jones Womens Jersey  Estréia Taniko – Teat(r)o Oficina
Lendo

Estréia Taniko

Estréia Taniko

ESTRÉIA DIA 9 DE MAIO


Sexta feira, 09 de maio de 2008, às 21hs

a companhia ASSOCIAÇÃO TEATRO
OFICINA UZYNA UZONA
estréia no TEATRO OFICINA
RUA
JACEGUAY 520

TANIKO – O
RITO DO MAR

um Musical
Nô, Bossa-nova TransZênico

Peça da Companhia de Zeami
(1363 a 1443), ator, compositor, diretor, dramaturgo, dançarino,
filósofo, o grande Criador do Teatro Nô, o Shakespare
Japonês.

TANIKO foi a última encenação
de Luís Antonio Martinez Corrêa, premonitória de
seu assassinato. Luís criou uma encenação
sensorial, de intensidade emocional tempestuosa trabalhada na
contenção, como ZEAMI, o criador do NÔ, gostava.
Por dentro, cada atuador pilhava seu Corpo de 100% de intensidade
energética, mas liberava exteriormente somente 70%. Os 30%
retidos, vibravam estranhamente contidos, num Espaço Mágico
onde Luís Antônio, também Arquiteto, reconstruiu
O Espaço Cênico do Teatro Nô fazendo: 

A PONTE, por onde os atores entravam e recebiam no
Corpo as Entidades. Quando saíam de cena deixavam que elas
escapassem no ar, à vista do público, retomando seus
Corpos-Almas pessoais. O CHÃO DE TATAME, onde o público
acomodava-se, descalçando-se antes de entrar no Terreiro
Zen Budista.
A ÁRVORE por onde desciam os deuses. O PALCO
DE TÁBOAS DE MADEIRA TRATADA, COM TELHADO EM FORMA DE “V”.
Sua encenação revelou a peça para o Oficina.
 
Em
1997, na celebração dos 10 anos da Ethernidade de Luís
Antônio Martinez Corrêa, no dia 23 de dezembro, dia em
que todos os anos Cantamos o Bode do Amor Matado, Assassinado, o
OFICINA UZYNA UZONA recriou essa peça, musicando seu versos,
retomando o trabalho do CORO DO OFICINA.

Agora,
10 anos depois, o Grupo recriou TANIKO com o nome de “O RITO DO
MAR” antropofagiando os 100 anos da Imigração
Japonesa para o Brasil.


Fotos de Maurício Shirakawa

Pelo
phoder de Zeami

Em
quem há tantos anos confiamos

Pela
deidade dessa embarcação

Pela
bons deuses que mantém a lei de Buda Dionyzos.

Ao
fundidor da nossa linha, aquí, no trópico das cabras…

Exu
de Pindorama.

Bundo.

Suspirando,
gemendo e amando

comendo
e sendo comido neste vale de lágrimas…

Venha
Tesão…

Com
paixão.

Atenda
nosso desejo!

Mande
o mensageiro do Espelho da flor!

O
Anjo da música Celestial!

Infernal.

Terrenal.

Tenha
carinho por nós! Carinhoso.

Que
venha a maravilhoso!

O
charme do profundo!

A
flor rara!

O
conhecimento!

A
primeira beleza!

A
força bruta!

O
chumbo grosso!

O
ouro puro!

As
tecnologias!

A
existência e O nada!

Zeami,
trabalha!

Manda
o seu enviado,

o
deus que dança

a
música

do Espírito da
Terra.

“Aqui a reinterpretação do diretor para a atual montagem em PDF de 9 pgs.(PDF9pgs.)”:/images/taniko/zeami_taniko.pdf

O Oficina realizou o rito-peça Taniko, de Zenchiku, na semana do Sesc Paulista em homenagem aos 100 anos da Imigração Japonesa, em 22 e 23 de abril.
“Programação no site do Sesc”:http://www.sescsp.org.br/sesc/programa_new/mostra_detalhe.cfm?programacao_id=130212


Mitch Wishnowsky Womens Jersey