Lendo

Ió Excelentíssima presidente do Brasil Dilma Rouss...

Ió Excelentíssima presidente do Brasil Dilma Rousseff

Excelentíssima Presidente Dilma Roussef

É com grande alegria que tenho acompanhado seu brilho e tranquilidade Zen na escolha de seu Governo. Tenho observado os olhos dos brasileiros, e principalmente das brasileiras.
O ardor florindo fé na Presidência de Vossa Excia. acho que vem da Alegria e Beleza que transmite agora em seu constante sorriso, ampliado após a maravilhosa Vitória de Paixão do Povobrasileiro que a elegeu.

Permito-me aqui, uma sugestão, dos meus 52 anos dedicados ao Teatro Oficina e à luta pela Cultura Brasileira, que considero como Infraestrutura da Vida, não como Superestrutura, que Marx percebe como a da Cultura do Capitalismo.

Estamos todos no suspense da escolha do Ministro da Cultura

Da minha parte sou figura suspeita porque simplesmente considero o MInistério da Cultura desde a gestão Gilberto Gil até agora a de Juca Ferreira como o mais fecundo, não só do Brasil, mas do mundo. Superamos as gestões na França de Andre Malraux e Jack Lang neste Ministério
porque no Brasil, emergiu finalmente a cultura descolonizada dos povos do mundo,
sem a tutela dos Colonizadores.

No Governo Lula este Ministério consolidou-se nas mãos de seus Ministros e suas Equipes,
como um DIAMANTE de RARO VALOR, inclusive FINANCEIRO.

Me atrevo a sugestão de manter o poeta, ecologista, Juca Ferreira, que para mim seria como termos um DARCY RIBEIRO nesta pasta extremamente estratégica para a Educação, internacionalização do Brasil, e à Vida, o cuidado da Vida, do Povobrasileiro, Cultura neste ministério tem sido agricultura, cuidado da Vida dos povos do Brasil. O que Darcy Ribeiro plantou foi e será ainda colhido neste Ministério por esta Equipe.

Para nós do Teatro Oficina este ministro patrocinou uma excursão por 7 capitais do Brasil, construindo Estruturas de Teatro de Estádio para 2.000 pessoas, que erguíamos em bairros de populacão de baixíssima renda.

Íamos direto para o aquário popular e as elites da cidade íam de carro para, não digo assistir, mas atuar junto ao povo no que chamamos AS DIONIZÍACAS, como eram as festas teatrais da antiguidade grega, em 4 peças já clássicas: 4 “Óperas de Carnaval de TragiComédiOrgya” que nossa Associação de Artistas Multimidia Oficina Uzyna Uzona criou.

O ponto culminante para nós da gestão de Juca foi o tombamento do Teatro Oficina pelo IPHAN, num parecer extraordinariamente belo de Jurema Machado, conselheira do Iphan e membro da Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência e Cultura na UNESCO.

Neste tombamento ela recomenda ao Ministro da Cultura que se junte aos Secretários da Cultura Estadual e Municipal de São Paulo para comprarem ou desapropriarem o entorno tombado do Teatro Oficina pelo CONDEPHAAT, na gestão do sábio geógrafo Aziz AbSaber, que nesta época teve a audácia de tombar a Serra do Mar na Juréia. Infelizmente este orgão em outros governos foi tomado pela especulação imobiliária, mas sinto que o orgão passa por uma mutação agora na gestão interina de Andrea Matarazzo como Secretário da Cultura do Governo de São Paulo.

A Crise do Panamericano fez com que Sílvio Santos permitisse que realizássemos a 8ª DIONIZÍACA, a de São Paulo, em seu terreno onde funcionava o Estacionamento do Baú da Felicidade.

Exatamente no lugar onde, uma vez comprado ou desapropriado pelo MINC, iniciaremos a construção de um Complexo Cultural imaginado para complementar o Teatro Oficina por uma dos maiores “arquitetos” do século XX, LINA BO BARDI. Ela exigia que a chamassem em sua profissão no masculino. Este projeto revitalizará, dará RE-EXISTÊNCIA AO BAIRRO DO BIXIGA como BAIRRO POPULAR COSMOPOLITA E DE ARTISTAS: A LAPA carioca de São Paulo.

Este complexo, que chamamos “ANHANGABAÚ DA FELIZ CIDADE”, terá:

1 – TEATRO DE ESTÁDIO que realizará a Epifania do Teatro não somente como uma Arte de Câmara para a Burguesia mas sim uma ÁGORA para toda Cidade, todas as misturas. O Bairro do BIXIGA que deu o TBC, inaugurando a modernizacão do teatro brasileiro, agora dá o futebolístico TEATRO DE ESTÁDIO, para a emoção das multidões e transmutação dos TABUS sociais em TÓTENS. Para que os abcessos sociais fechados sejam abertos artisticamente em Praça Publica.

2 -uma UNIVERSIDADE ANTROPÓFAGA, já conhecida e apoiada pelo Ministro da Educacão Fernando Haddad que felizmente permanecerá em seu governo, e brinca conosco dizendo que só apoiará se tratarmos somente de “coisas proibidas”, TABUS.

3 – Uma OFICINA DE FLORESTAS, contagiando o esverdeamento de todo Bairro Umbigo de São Paulo: o BIXIGA.

Dia 17 realizaremos o ATO CULTURAL de abertura das DIONIZÍACAS no TEATRO DE ESTÁDIO, no mesmo dia em Vossa Excelência receberá o diploma de presidenta do Brasil, com uma peça para crianças de todas as idades: TANIKO, de duração de 1h e 30mins., e faremos uma CERIMÔNIA de INAUGURAÇÃO muito forte desta vitória de 30 anos de luta com a Especulação Imobiliária em que a CULTURA venceu.

Devemos isso a todos que nos apoiaram, ao povo, ao público, e demais a Juca Ferreira e sua equipe. Por isso reitero este meu pedido:

FI*CAJU*CA

Todo meu Amor
e fortes Vibrações para seu Governo Brilhar Mulhermente
o do Maravilhoso LULA
que adoraria ter também aqui presente neste dia.

José Celso Martinez Corrêa
diretor do TEATRO OFICINA
que tem a Medalha de Mérito Cultural do MINC desde a gestão Gilberto Gil
e se um título Oficial ajudar,
é Comendador do MRE por Serviços Prestados a Cultura Brasileira no Mundo.

Como dizemos no Teatro de DIONIZIOS,
invocando os sons que vêm de toda vida mais os da “vox populi”:
para sua pessoa principalmente,
seu poder pessoal
e seu GOVERNO
*EVOÉÉÉS*


Creampie
Anal
Threesome
Threesome
Anal
Blowjob
Threesome
Orgy
Orgy
Threesome