Lendo

baPHo! Lançamento do vídeo “Acupuntura Urban...

baPHo! Lançamento do vídeo “Acupuntura Urbana: Os Cavaletes do MASP”

  • Nesta noite de quarta-feira, 12 de abril de 2017, lua cheia em escorpião, o Teat(r)o Oficina lança “Os Cavaletes do MASP”. Vídeo que compõe a série Acupuntura Urbana sobre os Cavaletes de Cristal da arquiteta criados para a pinacoteca do MASP.

Sylvia Prado incorpora Lina para descrever o projeto original e aplicar a acupuntura sobre um vudú de seus cavaletes. Destaque também para uma simulação bem humorada de Zé Celso, Lina e o Oficina sendo barrados no MASP, câmeras escondidas (as GoPau) e o rito do centenário da Lina, onde o Uzyna Uzona constrói um cavalete.

O principal bafo é que a acupuntura no pequeno cavalete funcionou! Deixaram de ser usados como porta-pôster no restaurante do museu para expor novamente grandes obras da pintura mundial. Lina Bo Bardi sabia o que estava falando!

Junto a este vídeo, a TV Uzyna apresenta TAMBÉM um embornal de vídeos produzidos pelo Teat(r)o Oficina. É a aba VÍDEOS | KINEMA do nosso site com rico conteúdo videográfico a cada momento atualizado e reinventado.

Este vídeo foi gravado e editado pelo kinoatuador Igor Marotti e pelo ator Roderick Himeros. Confira também o texto de descrição que Roderick escreveu.

“Os cavaletes de vidro foram concebidos por Lina Bo Bardi para a inauguração MASP, em 1968. Constituem uma importante contribuição museográfica internacional: Lina fez com que as obras saíssem das paredes do museu tradicional, com o objetivo de “devolver o quadro ao ar”. Expostas nos cavaletes, em primeiro plano temos a obra e seu primeiro impacto sobre a sensibilidade, sendo preciso, para saber o título e a descrição do autor, que o visitante veja por trás do cavalete.

Removidos do MASP no ano de 1996, os quadros foram então expostos em paredes de gesso que ocupavam todo o patamar do Museu, construídas inclusive bloqueando os janelões que dão vista para a Avenida Paulista de um lado e a “Belvedere” de outro.

Em 2013, o Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona fez – a convite do curador suíço Hans Ulrich Obrist – ações teat(r)ais pelas obras de Lina Bo na cidade de São Paulo; uma Acupuntura Urbana pra tocar nos “punti ostruito” do corpo da obra de Lina Bo, retomando o desejo inicial dos projetos da “arquiteto”, objetivando as necessárias complementações em cada uma de suas obras. Na ocasião o Teatro Oficina foi impedido pela antiga diretoria de entrar no MASP. O Material audiovisual produzido nesta performance serviu de base para o Rito Cineteatográfico do Centenário da Arquiteto Lina Bo Bardi em 2014, que aconteceu no Teatro Oficina.

Já em 2015, sob nova direção e curadoria, os Cavaletes de Vidro foram retomados pelo MASP, no projeto conhecido como Acervo em Transformação . Nas palavras da curadoria “O retorno dos cavaletes não é um gesto nostálgico ou fetichista em relação a uma expografia icônica, mas deve ser compreendido como uma revisão do programa museológico de Lina Bo Bardi com suas contribuições espaciais e conceituais. A dimensão política de suas propostas é sugerida pela galeria aberta, transparente, fluida e permeável, que oferece múltiplas possibilidades de acesso e leitura, elimina hierarquias, roteiros predeterminados e desafia narrativas canônicas da história da arte. O gesto de retirar as pinturas da parede e colocá-las nos cavaletes aponta para a dessacralização das obras, tornando-as mais familiares ao público. Ainda, por outro lado, as legendas informativas colocadas no verso das obras possibilita um primeiro encontro com elas livre de contextualizações da história da arte. Nesse sentido, a experiência do museu torna-se mais humanizada, plural e democrática”.

Resta agora, em 2017, abrir as persianas dos janelões do MASP, como era desejo de Lina, para a contracenação direta entre o dentro e o fora do museu.”

 


RELATED POST

COMMENTS ARE OFF THIS POST

Creampie
Anal
Threesome
Threesome
Anal
Blowjob
Threesome
Orgy
Orgy
Threesome