Gardner Minshew II Jersey Daniel Jones Womens Jersey  O Rio virou Sertão – Teat(r)o Oficina

O Rio virou Sertão

Em 2 de outubro de 1897, Euclides da Cunha escreveu de Monte Santo o telegrama:

Os fanáticos de Antônio Conselheiro acham-se concentrados em Santa Maria, mas não resistirão por muito tempo.

A noite de 2, ruidosamente, entrou sulcado de tiroteios vivos, escreveu em Os Sertões. Canudos não se rendeu e, no dia 5, caiu. Exemplo único em toda a História, resistiu até ao esgotamento completo.

Cento e dez anos depois, Antônio Conselheiro e seus seguidores chegaram ao Rio de Janeiro. Em sessão povoada de uma multidão de cariocas, o Teatro Oficina Uzyna Uzona levou jagunços para o Centro Cultural da Ação da Cidadania. Convidada pela organização do Rio Cena Contemporânea, a companhia de Zé Celso Martinez Corrêa levou Os Sertões para a Cidade Maravilhosa.

Com entrada franca, foi apresentada a primeira parte do épico baseado no livro homônimo de Euclides da Cunha. A Terra mostra o Brasil de um jeito dionisíaco, traduzido pela tragycomediaorgya.

As apresentações de Os Sertões no Rio de Janeiro, assim como as apresentações já realizadas em Salvador e Recife, só são possíveis devido ao patrocínio da Petrobrás, que também mantém a companhia Teatro Oficina. Isso porque é uma mega produção, onde todos os números são superlativos.

No total são 26 horas de encenação, por uma equipe de 70 pessoas, que coloca o pé na estrada carregando cinco toneladas de cenário e objetos de cena e 2,5 mil figurinos. No palco estarão 47 atores, músicos, dançarinos e atores mirins do Movimento Bixigão, mais dois câmeras ao vivo, quatro contra-regras e, nos bastidores outros 17 profissionais entre iluminadores, sonoplastas, VJs, produtores, camareiras e pessoal de apoio.

A equipe de viagem de Os Sertões ficou completa com a entrada em cena de 15 adolescentes de grupos de teatro do Rio, que foram treinados nas cinco peças por meio de uma oficina aplicada pelos atores Camila Mota, Freddy Allan e Zé de Paiva. Além disso, houve o reforço das equipes técnicas do Rio Cena Contemporânea.

O épico continua nesta quinta-feira, com O Homem I e vai até domingo. Na próxima semana, Os Sertões começam na quarta-feira, dia 10, e vai até o dia 14. Sempre às 18 horas.

Centro Cultural da Ação da Cidadania
Teatro Oficina Rio Uzyna Uzona

Av. Barão de Tefé, 75, Saúde
Telefones: (21) 2233 7460 e 2253 8177


Mitch Wishnowsky Womens Jersey