Lendo

Rito Cineteatográfico do Centenário do Arquiteto L...

Rito Cineteatográfico do Centenário do Arquiteto Lina Bo Bardi

o Rito Cineteatográfico do Centenário do Arquiteto Lina Bo Bardi para evocar as experiências sensoriais que permeiam todas as suas criações. O Tyazo da Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona, o Terreyro Coreográfico e o público seguem em cortejo pelo corpo do Teat(r)o Oficina e seu entorno, transmutando-o no corpo de SamPã.

Encenações, projeções e um banquete levarão o grupo presente a reconhecer os elementos alquímicos que permeiam as obras de Lina na cidade. *O Rito Cineteatográfico do Centenário do Arquiteto Lina Bo Bardi vai ganhar vida no dia 05 de dezembro, às 20h.* Para o ingresso, disponível na bilheteria do Teat(r)o Oficina uma hora antes do início do Rito, será sugerida uma contribuição voluntária de qualquer valor.

Em abril de 2013, o Tyazo do Teat(r)o Oficina realizou a Acupuntura do Corpo Urbano de SamPã, uma ação de Te-ato que levou um pequeno grupo no ônibus chamado Achi-Lina Bardi para um roteiro que teve como fio do labirinto as criações de Lina (realizadas, não realizadas ou bloqueadas) em Sampã.

O ônibus saiu da última obra de Lina Bo Bardi, o Teat(r)o Oficina, e passou pela Casa de Vidro, o Masp, o Sesc Pompéia, o Palácio das Indústrias e o Vale do Anhangabaú. Em cada ponto, os atuadores do Teat(r)o Oficina aplicaram uma ponteira de acupuntura nos assuntos Tabus de cada obra, afim de liberar suas energias obstruídas (no Masp, por exemplo, a agulhada foi no cavalete de vidro que, em 2014, volta a ser exposto no museu).

Na próxima sexta-feira, dia 05 de dezembro, a rua Lina Bardi – que atravessa o Teat(r)o Oficina – vira corpo de projeção e abre espaço para uma nova Acupuntura Urbana. Para isso serão utilizados os principais elementos que formam a substância das criações da arquiteta, como a transparência, o concreto, a água, o ferro, o fogo, a terra, os orixás, a vegetação e a comida.

E é com ela, a comida, que a celebração será encerrada, num banquete de galinha ao molho pardo, comida favorita de Lina. Todos estão convidados para esse banquete centenário!