Só 1000 toques para Dilma!

Ufa! No fim, Dilma traz alegria escolhendo Juca Ferreira para ministro da única criação humana a destrinchar a crise brazylera y mundial: Cultura. A história surpreende. Juca não é quota do partido, mas um cultivador forte da roça cultural, este elegante artista, ecologista, animador, reabre pros brazyleros na maior desigualdade na distribuição da renda da história humana, a cultura como valor primeiro, infraestrutura da vida, cúmplice da força da natureza devoradora de modelitos por ora talvez inevitáveis, inspirando correntes da sociedade brasileira fartas da hysteria golpista. Com Juca, o Ministério da Cultura passa a ser órgão de sabedoria, inteligência, sensibilidade, no caos da rigidez fiscal, momento em que o patrimônio cultural brazylero está pior que o da Saúde y Educação, e essa dupla não tem sentido sem Cultura. Jovens de todas idades saberão ler o que está em seu redor. Dilma acertou: cultura como moeda de apoio à governabilidade não presta, só vale se livre y plugada na terra, em nós humanos, espécie quase em extinção.

*José Celso Martinez Corrêa* (Zé Celso), presidente da Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona

Para ler na íntegra o texto *Dilma: Cultura da Infraestrutura da Vida é só o que desejo pra inspirar teu 2º Ato na Presidência do Brasil*, no Blog do Zé Celso, “clique aqui”:https://blogdozecelso.wordpress.com/2015/01/02/dilma-cultura-da-infraestrutura-da-vida-e-so-o-que-desejo-pra-inspirar-teu-2o-ato-na-presidencia-do-brasil-2/