Zé Celso na Virada Cultural 2014.

Um piano como base. Pretexto para phalar e cantar melodias, timbres e texturas de milhões de histórias e parcerias. Zé toca e troca com o público presente na pista do Oficina num momento bem especial de paixão, logo após sessão de *Walmor Y Cacilda 64: Robogolpe* (que no sábado, dia 17.05, terá sessão gratuita às 21h, também dentro da programação da Virada Cultural)

O encontro musical com o diretor, ator, amante, dramaturgo, compositor Zé Celso vai acontecer na madrugada do dia 18 de maio, à zero hora. Ingressos distribuídos na bilheteria do Teat(r)o Oficina uma hora antes da sessão.

*Eu poderia ter sido um bom pianista*
*meu toque institintivo nas teclas é bom
mas quando aprendia piano,*
*começava a ler a partitura*
*e a professora dava reguadas nas minhas mãos.*
*Não quis ir mais às aulas, deixei o estudo…*

“Leia aqui”:http://teatroficina.com.br/events/27 o depoimento e o vídeo do Zé ao Piano em outra edição da Virada.

No domingo (18.05) à noite, a mais recente montagem do Cia Oficina Uzyna Uzona *Walmor Y Cacilda 64: Robogolpe* dará prosseguimento a sua temporada – que, devido ao sucesso junto ao público, será prorrogada até 29 de junho, sempre aos sábados (21h) e domingos (19h). Os ingressos custam R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 5 (moradores do Bixiga, mediante comprovação).